Desde a década de 60 do século XX, temos sido pioneiros no desenvolvimento de tecnologia espacial no Japão e a nível global e estamos fortemente empenhados no desenvolvimento espacial internacional e na construção de satélites. Trabalhamos num amplo conjunto de componentes de barramento e volume de trabalho de elevado desempenho em vários programas de satélites a nível mundial.

Descrição geral

Sistemas de satélite

Ao longo das últimas quatro décadas, a Mitsubishi Electric concluiu mais projetos de satélites na área de comunicações, agências governamentais e outros clientes de grande dimensão do que qualquer outra empresa japonesa. A Mitsubishi Electric aplica o extenso conhecimento e experiência em tecnologias de painéis solares, antenas, amplificação, monitorização, controlo e sistemas de estação terrestre para disponibilizar soluções de sistemas preparados para as grandes redes de funcionamento no espaço.

Sistemas terrestres

Temos uma presença global essencial no domínio de sistemas terrestres, produzindo estações terrestres para monitorização de satélites e foguetões, bem como telescópios de elevada potência para observação astronómica. As nossas ofertas incluem sistemas de rede para monitorização e controlo de satélites que desenvolvemos para a Agência de Exploração Espacial do Japão (JAXA), bem como sistemas abrangentes para satélites e estações de controlo. A Mitsubishi Electric contribui também para a descoberta dos mistérios da origem do universo através do nosso trabalho no desenvolvimento de telescópios, tais como o telescópio Subaru e o telescópio Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA).

Produtos

Sistemas espaciais

História

Década de 1960

A Mitsubishi Electric inicia a incursão na tecnologia espacial.

1983

A Mitsubishi Electric foi selecionada como principal fornecedora para o primeiro satélite de comunicações (CS-3) do Japão produzido no país.

1999

Conclusão do telescópio Subaru para as instalações do Observatório Astronómico Nacional do Japão no cume de Mauna Kea, no Havai.

2003

Lançamento do OPTUS-C1, o primeiro satélite comercial produzido para clientes fora do Japão.

2008

Lançamento do SUPERBIRD-C2, o primeiro satélite comercial produzido no Japão.

2009

Acoplamento bem-sucedido do veículo não tripulado com provisões "KOUNOTORI" (HTV) à Estação Espacial Internacional.

2011

Conclusão das antenas do Atacama Compact Array (ACA) para o Observatório Astronómico Nacional do Japão nas Instalações de Apoio às Operações do observatório Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) no Chile.

2015

Lançamento bem-sucedido do satélite TURKSAT-4B.

I&D/Tecnologias

Radiotelescópio Nobeyama de 45 metros desenvolvido pelo Observatório Astronómico Nacional do Japão e pela Mitsubishi Electric reconhecido como "IEEE Milestone"

O telescópio Nobeyama contribuiu exponencialmente para o avanço da radioastronomia desde a apresentação como o maior telescópio de ondas milimétricas do mundo.

Conclusão das novas instalações de produção de componentes para satélites

Estas novas instalações duplicam a capacidade de produção de componentes para satélites da fábrica de Sagami da Kamakura Works e fortalecem a nossa crescente posição no mercado global dos satélites.