PARA LANÇAMENTO IMEDIATO n.º 2984

A nova tecnologia 5G de multiplexação de feixes múltiplos da Mitsubishi Electric alcança uma saída de 20 Gbps

Permitirá estabelecer ligações mais rápidas e de maior qualidade em áreas urbanas saturadas

Versão PDF (PDF: 239,4 KB)

TÓQUIO, 21 de janeiro de 2016 - A Mitsubishi Electric Corporation (TÓQUIO: 6503) desenvolveu uma nova tecnologia de comunicação por rádio de multiplexação de feixes múltiplos para estações base de sistemas de comunicação móvel de quinta geração (5G) previstos, combinando dezenas de antenas com relação de fase ativa com elementos de antenas de grandes dimensões (APAA de grandes dimensões) e uma nova tecnologia de pré-codificação para a transmissão paralela de fluxos de dados por transmissores. A tecnologia de comunicação em banda larga permitirá a comunicação a alta velocidade em bandas de alta frequência que se espera serem utilizadas em sistemas 5G. A nova tecnologia de multiplexação de feixes múltiplos vai alcançar velocidades de transmissão de 20 Gbps, ou cerca de 60 vezes mais rápidas do que as atuais estações base móveis 4G que utilizam tecnologia de várias entradas e várias saídas (MIMO) (à data de 21 de janeiro de 2016). Os detalhes serão anunciados no dia 2 de março no IEICE Technical Committee on Radio Communication Systems, em Tóquio.

A nova tecnologia 5G de multiplexação de feixes múltiplos da Mitsubishi Electric alcança uma saída de 20 Gbps

A tecnologia MIMO de grandes dimensões que permitiria a utilização de mais de várias centenas de elementos de antena está a captar a atenção como uma forma de compensar a perda de propagação em bandas de alta frequência (a partir de 4 GHz) que serão utilizadas para 5G. O processamento de sinal totalmente digitalizado iria exigir circuitos digitais e um consumo energético enormes, pelo que uma das soluções práticas é uma configuração híbrida que combina processamento analógico e digital. A tecnologia APAA de grandes dimensões desenvolvida pela Mitsubishi Electric é uma tecnologia comprovada que está já a ser utilizada comercialmente para satélites e outros sistemas.

A Mitsubishi Electric desenvolveu a sua nova tecnologia de multiplexação de feixes múltiplos ao combinar APAA de grandes dimensões e tecnologia de pré-codificação em transmissores que proporcionam uma maior potência de transmissão para sobrepor a perda de propagação em bandas de alta frequência. Em comparação com transmissões de dois feixes das atuais estações base móveis 4G, as transmissões de até 16 feixes podem alcançar até 20 Gbps para satisfazer a necessidade de velocidades de dados mais altas.

Quando os terminais móveis estão em proximidade num ambiente saturado, os sinais de estações base podem interferir uns com os outros. Em esquemas de pré-codificação de diagonalização convencionais, a potência de transmissão de sinais interferentes é reduzida para minimizar a interferência, mas isto também resulta em velocidades de transmissão mais baixas. A solução da Mitsubishi Electric é a sua nova tecnologia de pré-codificação de diagonalização múltipla, que combina pré-codificação de diagonalização múltipla com interferência inerente e funcionamento não linear, removendo a interferência através da pré-codificação de diagonalização múltipla. Uma vez que não é necessário reduzir a potência de transmissão, o resultado é a comunicação de alta capacidade a 20 Gbps em ambientes saturados.